(81) 3241.5053

CÂNCER DO ENDOMÉTRIO

Quase todos os cânceres de útero começam no endométrio e são chamados de carcinomas de endométrio. Esses cânceres também podem se iniciar na camada de músculo ou de tecido conjuntivo do útero. Estes cânceres pertencem ao grupo dos sarcomas.

Os principais tipos de câncer de endométrio são:

Carcinomas

Os cânceres endometriais que se iniciam nas células que revestem o útero pertencem ao grupo dos carcinomas. A maioria dos carcinomas endometriais são cânceres das células que formam as glândulas do endométrio. Estes são chamados adenocarcinomas. O tipo mais comum de câncer de endométrio é o adenocarcinoma endometrióide. Outros tipos menos comuns de carcinomas do endométrio inclui o de células escamosas e o indiferenciado.

Mais de 80% dos cânceres de endométrio são adenocarcinomas típicos ou endometriose. Estes cânceres são constituídos por células que se parecem com o revestimento uterino normal (endométrio). Alguns destes tumores contem células escamosas e células glandulares, sendo denominados adenocarcinoma com diferenciação escamosa. Se, sob o microscópio, as células glandulares forem cancerígenas e as escamosas não, o tumor é denominado adenoacanthoma. Se ambas as células (escamosas e glandulares) são malignas, estes tumores são chamados carcinomas adenoescamosos. Existem outros tipos de cânceres endometrióides, como carcinoma secretor, carcinoma ciliado e adenocarcinoma mucinoso.

O grau de um câncer de endométrio está baseado na quantidade de glândulas que formam o câncer e que são similares às glândulas encontradas no endométrio normal e sadio. Em cânceres de baixo grau mais tecido canceroso forma glândulas. Quanto maiores sejam os graus do câncer, mais células cancerosas estão agrupadas de forma irregular e desorganizada e não formam glândulas.

Grau 1 - Tumores com 95% ou mais de tecido cancerígeno que forma glândulas.
Grau 2 - Tumores com 50 a 94% de tecido cancerígeno que forma glândulas.
Grau 3 - Tumores com menos da metade do tecido cancerígeno formando glândulas, é chamado de "alto grau”. Tendem a ser agressivos e têm um prognóstico menos favorável que os de baixo grau G1 e G2.

Algumas formas menos comuns de adenocarcinoma endometrial são carcinoma de células claras, carcinoma seroso (ou carcinoma papilar seroso) e carcinoma pouco diferenciado. Estes tendem a crescer rapidamente e, muitas vezes se disseminam para fora do útero. O carcinossarcoma uterino é outro câncer que começa no endométrio e tem características tanto do carcinoma endometrial como do sarcoma. Muitos médicos acreditam que o carcinossarcoma seja uma forma de carcinoma pouco diferenciado.

O carcinoma de endométrio uterino e o carcinossarcoma têm muitas características em comum, por exemplo, possuem fatores de risco semelhantes. Esses cânceres também são semelhantes na forma como se disseminam e são tratados. Os carcinossarcoma também são conhecidos como tumores mesodérmicos malignos mistos ou tumores mullerianos mistos malignos. Eles representam cerca de 4% dos cânceres uterinos.

Sarcomas Uterinos

O tumor também pode começar no tecido conjuntivo de suporte (estroma) e nas células musculares do útero. Estes cânceres são chamados sarcomas uterinos. Eles são menos comuns que o carcinoma endometrial, e incluem: 1. Sarcomas Estromais - Começam no tecido conjuntivo de suporte do endométrio. 2. Leiomiossarcomas - Começam na parede muscular do útero ou miométrio.



  Voltar

CONVÊNIOS

Caso tenha alguma dúvida relacionada ao atendimento de seu convênio, por favor entre em contato pelo telefone (81) 3241.5053.